Imprimir
PDF

Professores e alunos se organizam para garantir projeto cultural

Escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa on .

Pin It

Projeto existe na escola há alguns anos e tem por objetivo identificar os talentos musicais Projeto existe na escola há alguns anos e tem por objetivo identificar os talentos musicais Os professores, alunos e ex-alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental José Conrado de Araújo, Localizada no Bairro São Conrado, em Aracaju, estão desenvolvendo ações para garantir a continuidade do funcionamento "Projeto MusicArte" naquela unidade de ensino.

Na última quinta-feira, dia 05, a escola recebeu a visita do Professor e Vereador Iran Barbosa, que foi convidado pelos colegas para conhecer detalhes do projeto e assistir a uma apresentação dos alunos que fazem parte da banda musical da escola.

O Projeto existe na escola há alguns anos e tem por objetivo identificar os talentos musicais existentes na unidade de ensino, introduzindo os alunos na iniciação do estudo teórico da música e na prática do manuseio de diversos instrumentos musicais.

Além disso, o instrutor e orientador do grupo, promove o potencial artístico dos alunos, valendo -se dos seus talentos musicais para compor a banda musical da unidade escolar.

"Procuramos, aqui, manter um grupo composto por alunos com idades e experiências musicais diferenciadas, composto, também, por alunos e ex-alunos da casa, para que os mais experientes passem suas vivências musicais para os iniciantes e tenhamos sucesso no trabalho do aprendizado musical" explicou Fabiano Bispo, o organizador e orientador do Projeto.

Os professores da escola, que acompanharam a apresentação, apoiam o projeto e reconhecem o valor e a importância da sua manutenção como componente importante do Projeto Pedagógico da instituição de ensino.

"Nós reconhecemos, inclusive, que os alunos que integram o projeto melhoram seu desempenho atitudinal e escolar. Por isso pedimos o apoio do Vereador Iran Barbosa, que é professor licenciado desta escola, para não sofremos com a desarticulação dessa necessária iniciativa", salientou a Professora Jucimone Moura dos Santos, articuladora da visita do Vereador Iran Barbosa à EMEF José Conrado de Araújo.

Dificuldades

Apesar da boa aceitação e do excelente trabalho desenvolvido através do Projeto, ele está ameaçado e pode ter seu funcionamento suspenso. O fato é que o trabalho vem sendo desenvolvido, nos últimos dois anos, pelo voluntarismo do Orientador Fabiano Bispo, que além de disponibilizar os seus próprios instrumentos para o uso dos alunos e de garantir, com seus próprios recursos, a manutenção de todos eles, o colaborador não recebe nada do poder público municipal para o desempenho dessa tarefa.

"Anteriormente eu tinha um vínculo provisório com a Administração Municipal, mas há quase dois anos que  esse vínculo foi rompido, porém, em função da necessidade da manutenção do trabalho, eu continuo coordenando e executando o projeto, mesmo sem receber nada em troca", explicou Fabiano Bispo.

O diretor da escola, Professor Elias Araújo de Souza Neto, expôs as dificuldades para garantir a continuidade do projeto e os caminhos que tem trilhado para impedir que ele acabe.

"Já dialoguei com a Secretária de Educação, que conhece esse problema, e estamos aguardando uma solução para que não tenhamos que encerrar o projeto", disse.

Depoimentos

Durante a visita do Vereador Iran Barbosa e após a apresentação da banda musical, diverso ex-alunos e alunos da escola municipal deram depoimentos emocionantes acerca da importância do Projeto e da necessidade de sua continuidade.

Após ouvir todos os depoimentos, o Vereador Iran Barbosa parabenizou os jovens, o orientador, os professores e o diretor da escola pela persistência no tocante ao funcionamento do Projeto e comprometeu-se a reforçar o pedido para a solução dos problemas junto à Secretaria Municipal de Educação.

"Além disso, vou buscar envolver outros parceiros nessa luta na defesa do Projeto MusicArte. Vou buscar apoio na Funcaju e em outros setores para que esse trabalho belíssimo e de excelente qualidade não seja interrompido", disse o parlamentar.